Jordânia & Líbano – Abr. 18

bt_jordani-libano2018

Atenção: não fazemos venda online de viagens. Para maiores informações, entre em contato conosco.

Clique nos itens abaixo:

Roteiro sugerido

Atenção: A ordem do roteiro sofrerá modificações para um melhor aproveitamento da viagem, sem prejuízo no número de noites e atrações a serem visitadas.

1º Dia – 11/04 – São Paulo – Apresentação às 21h00, no Aeroporto Internacional de Guarulhos – André Franco Montoro para embarque com destino a Dubai.

2º Dia – 12/04 – Dubai – À 01h25, horário previsto de partida do voo Emirates EK 262 com destino a Dubai. Chegada ao aeroporto de Dubai. Sem sair da área de desembarque do aeroporto, apresentação ao hotel The Dubai International, para hospedagem.

3º Dia – 13/04 – Dubai/Amã – Em horário determinado, seguiremos para o portão de embarque, para reembarcar em vôo com destino a Amã. Após desembarque na capital do Reino da Jordânia, imigração, traslado ao hotel. Acomodação e restante do dia livre para atividades independentes.

Amã é a capital da Jordânia e uma cidade fascinante, cheia de contrastes com uma mistura única do antigo e do novo, localizada em uma área montanhosa, entre o deserto e os vales férteis da Jordânia. Praticamente 50% da população da Jordânia concentra-se na região de Amã, devido ao clima e a cidade moderna. Excavações recentes, descobriram casas e outras edificações que se acredita terem sido construídas durante a idade da Pedra, com muitas referências a isto na Bíblia. É conhecida no Velho Testamento como Rabbath- Ammon, capital dos Ammonitas em torno de 1200 AC, também conhecida como a Cidade das Águas.

4º Dia – 14/04 – Amã – Pela manhã, saída para conhecer esta fabulosa cidade e seus principais pontos turísticos, que inclui a Citadela, um local histórico de grande importância para o país, que conserva a história sobre importantes civilizações que cruzaram e prosperaram, com o passar dos séculos que também simbolizam o nascimento de três grandes religiões, como o Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo.

Em seguida, visita ao Teatro Romano, construído durante o reinado de Antonius Pius (138-161 AC). Este é a maior estrutura, chegando a ter mais de 6 mil lugares. Continuação com uma caminhada na cidade, para visitar as lojas de especiarias e o “goldmarket”, com a oportunidade de experimentar o famoso falafel e doces árabes. Ao final, retorno ao hotel previsto para às 14h00 e período da tarde livre para descanso.

Às 19h30, encontro na recepção do hotel, seguido de traslado ao Restaurante Tradicional Sufra, para um jantar incluído de boas-vindas, com uma gastronomia típica da Jordânia. Bebidas não incluídas. Ao final, retorno ao hotel.

5º Dia – 15/04 – Amã/Jerash/Amã – Pela manhã, saída para uma visita a Jerash. Localizada a 1h00 de distância de carro, Jerash é considerada como uma segunda “Petra”, na lista dos destinos preferidos da Jordânia. A antiga cidade encontra-se em uma planície cercada por áreas arborizadas montanhosas e bacias férteis. Conquistada pelo general Pompeu em 63 AC, era de domínio romano e foi uma das dez grandes cidades romanas. Nessa época era conhecida como Gerasa, e é geralmente reconhecida como uma das mais bem preservadas cidades provinciais romanas do mundo. Ficou escondida por séculos nas areias, antes de ser escavada e restaurada ao longo dos últimos 70 anos. Almoço incluído em restaurante local, exceto bebidas.

À tarde, saída para uma visita a Ajloun, localizado a 30 minutos de distância, dirigindo, para conhecer o seu famoso castelo. Castelo de Ajloun foi construído por um dos generais Saladin em 1184 AC para controlar as minas de ferro de Ajloun, e deter as invasões. O castelo dominava as três principais rotas que ligada o vale da Jordânia e protegia as rotas comerciais entre a Jordânia e a Síria, que se tornou uma importante conexão para a cadeia defensiva das Cruzadas, que, infelizmente, gastou décadas tentando capturar os castelos e os vilarejos próximos. Ao final, retorno a Amã.

6º Dia – 16/04 – Amã/Monte Nebo/Madaba/Petra – Pela manhã, por volta das 08h30, saída para conhecer o Monte Nebo, aonde Moisés avistou a Terra Prometida. No Monte Nebo foi construída com uma pequena igreja bizantina pelos primeiros cristãos e, posteriormente, ampliada, em um vasto complexo. E neste local, durante uma visita a Jordânia, em 2001, o Papa João Paulo II celebrou uma missa para mais de 20.000 fiéis.

Continuação a Madaba, conhecida, sobretudo por seus espetaculares mosaicos bizantinos e da dinastia Omeya. Madaba abriga o famoso mapa mosaico de Jerusalém e a Terra Santa, datada do século 6, elaborado a partir de aproximadamente dois milhões de pedras coloridas da região.O mosaico ilustra as colinas, vales, aldeias e vilas com uma extensão que chega ao Delta do Nilo. O mapa mosaico de Madaba cobre o chão da Igreja Ortodoxa Grega de São Jorge, localizado no centro da cidade e construído sob as ruínas de uma antiga igreja bizantina. Almoço incluído em restaurante local, exceto bebidas.

Após o almoço, continuação da viagem até Petra. Um pouco antes de chegar a Petra, ao norte, a estrada se apresenta com uma bela paisagem rochosa, e de cores incríveis, está e a Al-Beidha, que em árabe significa “o branco”. Al-Beidha foi uma das principais áreas comercias de Petra, e principal portão de entrada e saída para as rotas comerciais, entre o norte e o noroeste. Sua principal atração é Al-Siq El-Barid, também conhecida como “Little Petra”. Chegada prevista às 17h00 e acomodação.

À noite, saída prevista às 20h30, descubra o Petra by Night, uma visita à cidade nabatéia de Petra durante a noite, à luz de 1800 velas, uma experiência fora do comum! Caminhe pelo Siq até Khazneh seguindo um caminho iluminado por velas e enquanto aprecia a música típica dos beduínos no Tesouro. Com duração de 02 horas, com uma caminhada fácil.

Petra é uma vasta e única cidade esculpida em rochas pelo povo Nabateus, há mais de 2.000 anos atrás, local onde era a junção entre a rota da seda e das especiarias com destino a China, a Índia, ao sul da Arábia com o Egito, a Síria, a Grécia e a Roma. Desde 1985 foi considerada Patrimônio Mundial e foi incluída na lista das 7 maravilhas do mundo.

7º Dia – 17/04 – Petra – Pela manhã, em horário determinado, saída para conhecer Petra, um dos maiores tesouros do país. Sua vastidão a torna uma cidade única, e seu acesso é através do Siq, um estreito desfiladeiro com cerca de um quilômetro de comprimento, rodeado por penhascos de 80 metros. O simples ato de atravessar o desfiladeiro é por si só, uma experiência incrível por suas cores e formações rochosas, chegando ao final do Siq, é possível apreciar as imagens do “Tesouro de Al-Khaznhe”.

O Vale de Petra conta com uma incrível beleza natural e arquitetônica, com centenas de tumbas muito elaboradas, construídas em rochas. Aproveite também para conhecer as enormes construções dos Nabateus, como também o teatro em estilo romano, obeliscos e templos. Por fim, no topo de Petra encontra-se o impressionante Mosteiro Ad-Deir, seu acesso é através de degraus também esculpidos em pedra.

O retorno ao portão de entrada será feito de carruagem, com saída da área do Qasr El-Bint, próximo ao restaurante, com capacidade de no máximo de 02 pessoas, por carruagem – total de 06 – a espera. Ao final, traslado ao hotel.

8º Dia – 18/04 – Petra/Wadi Rum/Mar Morto – Pela manhã, saída com destino a Little Petra, localizado ao norte de Petra, para em seguida, partir em um veículo 4×4 com destino ao Wadi Rum, o incrível deserto vermelho, conhecido como Vale da Lua. Serviu de locação em 1962, para o filme “Lawrence da Arábia“, cujo personagem principal foi interpretado por Peter O’Toole, passeio com duração de aproximadamente 3hrs. Incluso uma parada para degustar de um chá beduíno. Seguido de almoço incluído, no acampamento beduíno.

Continuação da viagem até o Mar Morto, o ponto mais baixo do planeta. Chegada ao hotel prevista às 19h00.

Mar Morto – está localizado a 400 metros abaixo do nível do mar, o ponto mais baixo da terra. É alimentado por vários rios e principalmente pelo Rio Jordão, e uma vez que as águas chegam ao Mar Morto, passam pelo processo de evaporação, deixando todos os seus sais e minerais, resultando em um crescimento na quantidade de sal. Atualmente as águas do Mar Morto possuem volume de sal dez vezes superior à quantidade dos demais oceanos, tornando impossível qualquer forma de vida aquática (fauna ou flora). Mas por outro lado, com esse grande aumento de sal, faz com que aumente a sua flutuação, não deixando que os banhistas afundem em suas águas. Estas ainda possuem propriedades curativas e calmantes, além de ser excelente para tratamentos estéticos.

9º Dia – 19/04 – Mar Morto – Pela manhã, saída com destino a Bethany, que está localizada a 15minutos de distância de carro. A cidade de Bethany é onde está a área onde Jesus Cristo foi batizado por João Batista e é um local de peregrinação sagrada para os cristãos de todo o mundo. Aproveite para caminhar pelos achados arqueológicos que datam do primeiro século depois de Cristo, confirmando que o local foi habitado durante a vida de Jesus e de João Batista, com um mosteiro bizantino e igrejas, grandes piscinas de batismo e um sistema de armazenamento de água que foram descobertos.Ao final, retorno ao Mar Morto e período da tarde livre para atividades independentes.

10º Dia – 20/04 – Mar Morto/Amã/Beirute – Em horário determinado, traslado ao aeroporto de Amã para embarque no vôo com destino a Beirute, no Líbano. Chegada ao aeroporto de Beirute, e após os trâmites com o processo de imigração, recepção e traslado ao hotel.

À noite, por volta das 20h30, saída para desfrutar de um jantar com show ao vivo, no Anbar Restaurant. Ao final, retorno ao hotel.

Beirute é a capital e maior cidade do Líbano. Localizada na costa do Mar Mediterrâneo, é uma cidade linda, tranquila, moderna e muito acolhedora. Sendo chamada por muitos como a “Paris do Oriente”, por sua atmosfera cosmopolita.

11º Dia – 21/04 – Beirute/Jeita/Tripoli/Byblos/Harissa/Beirute – Pela manhã, às 09hrs, saída com destino a Gruta de Jeita, conhecida como a joia do Líbano e pela sua fascinante beleza.

Em seguida, visita a cidade de Trípoli, localizado ao norte do Líbano, na qual é considerada, não uma, mas “três cidades em uma”, por isso o seu nome, Trípoli – três cidades. Hoje ela é uma cidade moderna, de clima agradável e muito próspera, principalmente em relação ao turismo, devido a sua famosa gastronomia, além do seu rico artesanato.

Continuação da viagem com destino a Byblos, a cidade mais antiga e habitada, do mundo. E fonte das primeiras letras fenícias que deram à humanidade, o alfabeto. Entre os vários locais a serem visitados, o Castelo construído pelas Cruzadas nos séculos 12 e 13, os templos egípcios e o anfiteatro romano estão entre eles. Tempo livre para almoço por conta dos participantes, seguido da visita a cidade de Byblos.

À tarde, continuação até Harissa, para visitar uma linda estátua da Virgem Maria, também conhecida como a Nossa Senhora do Líbano, no alto de uma colina. E a descida, não perca a oportunidade de fazer a bordo do “cablecar” até Jounieh, para apreciar as mais belas paisagens. Ao final, retorno ao hotel em Beirute.

12º Dia – 22/04 – Beirute/Baalbeck/Ksara/Beirute – Pela manhã, às 09h00, saída com destino a área de Bekaa, para visitar a cidade de Baalbeck, onde abriga a acrópole, que conserva importantes vestígios romanos e que é também conhecida como Heliópolis, a cidade do sol. Em seguida, tempo livre para almoço, por conta dos participantes.

Às 14h00, saída com destino a Ksara, a adega mais antiga do Líbano, que em 2017 celebrará seu 160º aniversário. O Líbano é um dos países que produz vinhos há mais tempo, e a área de Bekaa, já era citado na Bíblia como uma região produtora de vinhos e hoje é o berço de um vinho único, o Chateau Musar, considerado por muitos especialistas um dos melhores vinhos do mundo. A propriedade Ksara foi adquirida pelos monges jesuítas em 1857 e hoje é a maior e mais visitada vinícola no país. Ao final, retorno ao hotel em Beirute, com chegada prevista às 18h00.

13º Dia – 23/04 – Beirute/Cedars/Becharre/Kozhaya/Beirute – Pela manhã, às 09h00, saída com destino ao norte, com destino as florestas de cedro do Líbano, para desfrutar de uma distinta floresta e considerada como a floresta mais antiga na história.

A floresta de cedro mais famosa no Líbano é conhecida como “Os Cedros”, ou ArzelRab (Cedro do Senhor). Este arvoredo nós dá uma ideia da estrutura e magnificência destas árvores.

Às 12h00, continuação da viagem com destino a Becharre, para tempo livre para conhecer este belo vilarejo e cidade natal do famoso poeta, pintor e escultor Khalil Gibran, cujo museu está localizado sob uma colina, com vista as montanhas. Às 13h00, tempo livre para almoço.

E às 14h30, viagem ao Vale Qadisha, também conhecido como “Vale Sagrado”, foi um local de refúgio para aqueles quem estavam em busca da solidão. Historiadores acreditam que este vale foi uma comunidade monástica que teve início nos primeiros anos do Cristianismo. E em 1998, a UNESCO adicionou este vale a lista da dos patrimônios mundiais, incluso visita ao Monastério de Kozhaya. Ao final, retorno ao hotel em Beirute, com chegada prevista às 18h00.

14º Dia – 24/04 – Beirute/Beiteddine/Deir El Qamar/Beirute – Pela manhã, saída com destino a Deir El Qamar, para conhecer um vilarejo típico libanês, de casas brancas e telhados de cor vermelha. Uma cidade de tesouros históricos que inclui a mesquita Fakhreddine, que data do século 16, além dos palácios e prédios governamentais do Líbano. Em seguida, viagem a Beiteddine.

Chegada e visita o Palácio de Beiteddine, uma obra-prima do século 19, da arquitetura libanesa. O palácio possui um extenso pátio, belas fontes, arcadas monumentais, os famosos “hammams” ou banhos, que são o reflexo do poder e da glória do governador Emir Bechirel Chehab II.

Ao final, retorno a Beirute e visita ao Museu de Robert Mouawad. Uma mansão, no coração da cidade, na qual foi convertido em um museu privativo e que mostra a visão de seu fundador, Henri Pharaon. Retorno ao hotel e período da tarde livre para atividades independentes.

15º Dia – 25/04 – Beirute – Dia inteiramente livre para atividades independentes, com hospedagem até às 18h00.Em horário determinado, traslado ao aeroporto de Beirute para aguardar o embarque com destino a São Paulo.

16º Dia – 26/04 – Beirute/São Paulo – Embarque com destino a São Paulo, com breve escala em Dubai, ou extensão nos Emirados Árabes. Chegada a São Paulo, prevista às 16h30.

Sua viagem inclui

• Saúde e assistência com cobertura de USD 70.000,00;

Jordânia
• Assistência no aeroporto, na chegada e saída;
• Traslados em veículo privativo;
• Guia privativo, no idioma espanhol ou português, durante todo o programa;
• 03 pequenas garrafas de água, a bordo do veículo, por dia, por pessoa;
• 01 jantar de boas-vindas em Amã, incluso água mineral, café ou chá;
• 02 almoços, 01 em Jerash e outro em Madaba, incluso água mineral café ou chá;
• Tour Petra by Night;
• Carruagem em Petra, no trajeto de saída, após o tour – 2 pessoas por carruagem;
• Tour de jipe no deserto de Wadi Rum e chá com os beduínos;
• Maleteiros no aeroporto e nos hotéis.

Líbano
• Traslados em veículo privativo, modelo Pullman;
• Guia privativo, no idioma espanhol, durante todas as excursões;
• Visitas e excursões, conforme indicadas no roteiro;
• Entradas aos locais de visitação, conforme indicadas no roteiro;
• 01 jantar de boas-vindas em Beirute, exceto bebidas;
• Maleteiros no aeroporto e nos hotéis.

Sua viagem NÃO inclui

• Despesas com documentação;
• Vistos consulares obrigatórios – Líbano e Emirados Árabes se for fazer a extensão
• Excesso de bagagem;
• Prorrogação no horário de saída (late check-out), exceto no dia 25/abril, conforme mencionado no roteiro;
• Refeições e bebidas não mencionadas no roteiro;
• Passeios e excursões sugeridas e/ou opcionais;
• Entradas aos locais de visitação durante os passeios e excursões sugeridas e/ou opcionais;
• Extras de caráter pessoal como: lavanderia, telefonemas, bebidas, alimentação extra, gorjetas e tudo que não estiver mencionado como incluído no roteiro.

Preços

Tabela de preços (em dólar americano) por pessoa para quarto duplo ou individual:

Duplo

Individual

USD 6.100,00

USD 8.990,00

Parte Aérea – sob consulta

Cia. Aérea Emirates – voos

Voo Nº

Data

Trecho

Partida

Chegada

EK 262

12/04/2018

São Paulo – Dubai

01h25

22h55

EK903

13/04/2018

Dubai – Amã

14h00

16h10

ME 315

20/04/2018

Amã – Beirute

15h15

16h25

EK 956

26/04/2018

Beirute – Dubai

01h40

06h45

EK 261

26/04/2018

Dubai – São Paulo

08h35

16h30

Franquia de bagagem:
Classe econômica: 2 malas (23kg cada) + valise de mão
Classe executiva: 2 malas (32kg cada) + valise de mão

VISTOS
Jordânia: USD 100,00
Líbano: USD 90,00
Emirados Árabes: USD 170,00

Formas de pagamento

Entrada: 20% do valor total (aéreo + terrestre)

Saldo: Em até 12x sem juros nos cartões VISA ou MASTERCARD

Observação: Solicitamos um sinal de USD 100,00 por pessoa para processar as reservas terrestres. Este mesmo sinal será descontado do valor total a pagar após a confirmação dos serviços.

Observações Importantes

DOCUMENTOS
Passaporte com validade mínima de 1 ano, 3 páginas em branco.

Importante: passaporte não poderá conter vistos e carimbos do Estado de Israel.

Acesse aqui o Contrato de Aquisição de Pacote Turístico referente a esta viagem.